Instituto Kaplan
 

 

Cheiro gostoso é sinal de corpo saudável

O cheiro é um estímulo sexual poderoso!  Quem não fica mais interessado numa pessoa, quando sente no ar o cheiro de um perfume agradável, de alguém que acabou de tomar um banho?  Muitas vezes a vontade de ficar com uma pessoa começa pelo olhar, a linguagem dos olhos é a que primeiro sinaliza esse encantamento. No entanto o contrário é motivo para se perder o entusiasmo. Muitas vezes ouvi o comentário de garotos e garotas que perderam o encanto porque a pessoa abriu a boca para falar o mau hálito era insuportável. Outros que diziam que o cheiro de suor era tão forte que a situação brochante!!!  Isto sem falar  do chulé e da cara oleosa tão frequente na adolescência. Como vê, higiene é fundamental. Não só porque interfere no intercâmbio social e no interesse sexual, mas também porque é importante para saúde. Inúmeras doenças, principalmente da pele e nos genitais decorrem de falta de higiene.

De onde vem o mal cheiro do corpo

O homem possui glândulas sudoríparas. Um delas, é responsável por transportar  para o exterior do corpo gorduras e proteínas das células. Assim esta secreção  se torna um excelente alimento para as bactérias que estão na pele, principalmente nas áreas peludas, como por exemplo a axila, produzindo o cheiro desagradável de suor.

Há pessoas que tem uma concentração maior e outras menor de número destas glândulas. Depende da raça, da genética. Os negros e os europeus são os que possuem um número maior, enquanto os japoneses quase não as possuem. No entanto, as pessoas de qualquer raça que praticam exercício físico, ou passam muito tempo em ambientes quentes e fechados acabam desenvolvendo este cheiro no corpo. O suor se acumula sobre a pele, as bactérias fazem a festa, e rapidamente há uma deterioração impregnando a roupa.

Pra resolver esta situação desagradável, a receita é bem simples: banho todo dia. Os meninos, por terem pelos na axila devem ensaboar bem esta área com água e sabão e aplicar um desodorante no local.

Chulé

o chulé é um odor causado por fungos. Este quando não é cuidado causa uma micose que chega a provocar fissuras entre os dedos, e que todo mundo conhece como “frieira” ou “pé de atleta”. Quando isto ocorre, é inútil ficar colocando qualquer tipo de talco. É necessário que se use um fungicida.

Para evitar o chulé também não tem mistério. Basta após o banho enxugar bem entre os dedos e usar sempre meias limpas. Uma outra coisa que ajuda bastante, é sempre que puder ficar descalço ou com o pá arejado.

Mau hálito

Existem muitas causas para o mau hálito. Pode ser refluxo do estômago, inflamação na garganta ou amídala, à simples presença de alimentos envelhecidos, retidos entre os dentes, cárie dentária ou inflamação da gengiva. Para resolver este incômodo, deve-se procurar um médico para poder resolver o problema de garganta ou amídala, uma visita pelo uma vez por ano ao dentista para tratar ou preveni as cáries, e principalmente, escovar bem os dentes, após cada refeição, não esquecendo de usar fio dental.

Esmegma

É uma secreção esbranquiçada parecendo leite talhado que é produzida nos genitais e que causa um odor desagradável e pode causar infecção tanto no pênis como na vulva. Também não existe segredo para evitar o esmegma. O que existe é a necessidade da pessoa ser asseada. Os garotos devem puxar a pele do prepúcio para trás e lavar a glande com água e sabão diariamente.  Já a garota deve lavar sua vulva  todos os dias e evitar usar calcinhas de tecido sintético.

Escrito por: Maria Helena Vilela

Tags: esmegma

O S.O.Sex - Serviço de Orientação Sexual à distância é uma das áreas de atuação do Instituto Kaplan. Criado em 1992, tem como objetivo atender as pessoas que buscam esclarecimentos de suas dúvidas sexuais, por meio de atendimento gratuito e personalizado. Até 2011 mais de 150.000 dúvidas foram esclarecidas e hoje atendemos poEmail. Saiba mais sobre nosso trabalho e resultados.