Instituto Kaplan
 

 

Corpo do homem: os genitais de dentro para fora!

O aparelho genital masculino é composto de órgãos que se localizam dentro do abdômen, o genital interno e daqueles que podemos ver e tocar, o genital externo. Veja as ilustrações abaixo:



 

Órgãos internos

Quando o feto do sexo masculino começa a se formar no útero materno, os testículos ficam localizados na cavidade abdominal. Em número de dois, com formato de ovo, os testículos se desenvolvem e descem para o saco ou bolsa escrotal. Isto acontece porque, na puberdade, os testículos assumem duas funções importantes: produzir espermatozoides e testosterona, o hormônio sexual masculino. Como os espermatozoides não podem se desenvolver adequadamente à temperatura normal do corpo (36,5°C), os testículos localizam-se na parte externa, dentro da bolsa escrotal, que tem a função de termo regulação (aproximam ou afastam os testículos do corpo), mantendo-os a uma temperatura de 1 a 3 °C abaixo da temperatura do corpo.

Sobre cada testículo, há um enovelado de túbulos que formam o epidídimo, com o qual os testículos têm comunicação direta. É pelo epidídimo que passam os espermatozoides recém-formados para terminarem seu amadurecimento; ali permanecem armazenados até sua eliminação durante o ato sexual.

Partindo dos epidídimos, há os canais deferentes, dois tubos musculosos, que sobem para o abdômen, contornando a bexiga. Abaixo desta, estes canais se fundem em um único tubo, formando o duto ejaculador, que tem comunicação com as vesículas seminais, duas glândulas que produzem um líquido nutritivo, o fluído seminal, que contém o açúcar frutose, cuja função é nutrir os espermatozoides. O duto ejaculador comunica-se também com a próstata, a maior glândula acessória do sistema reprodutor masculino, responsável por, aproximadamente, 90% do volume da ejaculação. No clímax do ato sexual, o esperma ou sêmen, constituído pelos espermatozoides e pelas secreções destas glândulas acessórias, é expulso do corpo por contrações rítmicas da musculatura desta região, desembocando na uretra.

A uretra é um canal localizado no interior do pênis e serve tanto para eliminar a ejaculação quanto a urina. No início da uretra, existe uma glândula chamada Bulbo Uretral ou Glândula de Cowper que, durante a excitação sexual, produz uma secreção transparente que é lançada dentro da uretra para limpá-la e preparar a passagem dos espermatozoides. Assim, além da função de neutralizar a acidez da uretra causada pela passagem da urina, ela também tem uma ação na lubrificação do pênis durante o ato sexual. Diferente do que se tem dito, recentes pesquisas confirmaram que essa secreção não contém espermatozoides. Entretanto, se o garoto ejaculou, não urinou e se excitou em seguida, este líquido pode levar com ele os espermatozoides retidos na uretra. Se essa quantidade é suficiente para a fecundação ocorrer? Isto ainda é uma polêmica!

Genitais externos

 

O pênis é considerado o principal órgão do aparelho sexual masculino, por ser o mais sensível às carícias sexuais e ter como função a penetração. É formado por dois tipos de tecidos: os corpos cavernosos e o corpo esponjoso. Durante o estímulo sexual, os tecidos se enchem de sangue e causam a ereção. Na extremidade do pênis, encontra-se a glande (cabeça do pênis) – área de maior sensibilidade sexual do homem, e onde se pode visualizar a abertura da uretra. Encobrindo a glande existe uma pele - o prepúcio que deve ser puxado e higienizado a fim de se retirar dele o esmegma (uma secreção sebácea espessa e esbranquiçada, com forte odor, que pode provocar infecções). Quando, ao fazer esta manobra, o garoto não consegue expor completamente a glande devido ao estreitamento do prepúcio, diz-se que ele tem fimose.

Abaixo do pênis, encontra-se outra região, ainda pouco explorada como área de estimulação sexual, e onde estão contidos os testículos que é a bolsa (ou saco) escrotal. Sua função é proteger e regular a temperatura dos testículos. Quando está muito frio, ele se retrai para perto do corpo, aumentando a temperatura dos testículos. Quando está calor, ele se dilata (aumenta de tamanho), levando os testículos para longe do corpo e diminuindo sua temperatura.

Escrito por: Maria Helena Vilela

Tags: pênis,testículos,próstata

O S.O.Sex - Serviço de Orientação Sexual à distância é uma das áreas de atuação do Instituto Kaplan. Criado em 1992, tem como objetivo atender as pessoas que buscam esclarecimentos de suas dúvidas sexuais, por meio de atendimento gratuito e personalizado. Até 2011 mais de 150.000 dúvidas foram esclarecidas e hoje atendemos poEmail. Saiba mais sobre nosso trabalho e resultados.