Instituto Kaplan
 

 

Os jeitos de encantar um garoto

Um sorriso, um remexer de quadris ao andar, um balanço de cabelos, um perfume suave, um olhar penetrante, do tipo que dura uns longos dois ou três segundos, e que é seguido de um sorriso, um baixar de olhos, até m desvio do olhar... Pronto!!! Acontece o momento mágico tão sonhado - o garoto fica caidinho pela menina. Parece simples assim, mas é mais complicado. Conquistar alguém é despertar nele o encantamento, e isto nem sempre depende de situações programadas e da nossa habilidade de sedução. Para que ocorra essa magia, é preciso haver uma identificação entre o casal, que John Money chama de “mapas amorosos”. Segundo este autor, muito antes de escolhermos entre uma ou outra pessoa, já temos construído na nossa mente um mapa cheio de circuitos cerebrais que determinam o que ou quem desperta nosso interesse e nosso desejo. Seria esse “mapa” que nos levaria a nos apaixonarmos por uma pessoa e não por outra. Portanto, nem sempre o jogo de sedução funciona, não é em qualquer pessoa que a gente consegue provocar atração!

A garota preferida

O mapa amoroso que está dentro de nós funciona como um álbum de fotografias que é consultado, mentalmente, milhares de vezes ao longo da vida, sempre que surge alguém interessante a nossa volta. Um perfume pode fazer lembrar a mãe, uma expressão, recordar os traços do pai. Portanto, só quando ocorre o encontro com pessoas que possuem características parecidas com aquelas que temos registradas como significativas, é que pode acontecer a verdadeira paixão. Assim, o conceito de mulher, que o garoto tem em mente é muito mais poderoso no processo de conquista do que a sensualidade e disponibilidade sexual de uma garota. E é aí que está a complexidade! Qual é este tipo de menina que atrai, hoje, os meninos?

Antigamente, uma menina sabia como tinha que ser e o que desenvolver para preencher o modelo de mulher da época e tornar-se uma garota com potencial para conquistar um namorado. Bastava ser discreta, dengosa e prendada (saber costurar, cozinhar, cuidar de uma casa e saber lidar com crianças). Mas, hoje, a mulher não é mais, apenas, dona de casa. Aliás, ela está, cada vez mais, sendo preparada mais para sua vida profissional do que para a vida familiar. Portanto um parâmetro generalizado de menina preferida não existe mais. Além disso, os elementos que podem desencadear o sucesso profissional, como ser estudiosa, ousada, independente podem amedrontar o garoto, ou pelo menos podem não ser atraentes à primeira vista. Aparentemente só há uma certeza, o que agrada aos meninos é o apelo sexual.

De fato, a atração sexual é um motivo muito forte para despertar o interesse de um garoto. No entanto, para o psiquiatra, Vitor Dias, não é só isso que determina o relacionamento. Da mesma forma que as meninas, os meninos também sentem a atração afetiva e uma atração intelectual que podem ser tão ou mais significativas no processo de encantamento. Aprender sobre cada uma dessas modalidades pode ajudar as meninas a encontrarem o seu próprio jeito de conquistar os garotos.

Atração sexual

O foco da atração sexual está no corpo: aparência, timbre de voz, movimentos, cheiro, toque; ou seja, o corpo, como um todo, pode desencadear uma forte atração. Enfim o que atrai um garoto é um corpo que ele ache bonito e isso pode variar de acordo com o gosto de cada um. Corpo atraente não é necessariamente magro e malhado. No entanto independente do tipo físico, o corpo deve ser bem cuidado. Unhas feitas, ou pelo menos aparadas e limpas, banho tomado, e principalmente, cabelos bem lavados são fundamentais para despertar atração sexual. Além disso, cada menina deve explorar o que tem de mais belo e sedutor no seu corpo.

Atração afetiva

As meninas, mais do que os meninos, de modo geral usam a sedução afetiva como meio de encantamento. A atração afetiva existe quando o menino gosta do “jeito de ser” da menina: seus gestos, suas atitudes, sua forma de se expressar, de fazer as coisas, de se vestir, de se posicionar nas situações. Enfim seu jeito desencadeia no garoto um intenso desejo de estar com ela, bem como sentimentos de ternura, amizade e amor, que são os que as garotas mais prezam. Portanto, manter a espontaneidade, o bom humor, a autonomia e, um certo desapego em relação ao garoto podem ser o segredo de uma conquista, e não, como muitas garotas acreditam, ficar à mercê dos caprichos dele.

Atração intelectual

Atração intelectual existe quando o menino aprecia o jeito de pensar da menina: a forma de ver a vida, as expectativas, os valores morais, religiosos, a forma de se comportar na vida em relação a si, aos outros e ao mundo. Quando coincidem os jeitos de ser do menino e da menina, surge a sensação de ser compreendido, de cumplicidade diante do mundo. Portanto, ler, ir ao cinema, teatro, participar de projetos sociais são atitudes que ajudam bastante a desenvolver as próprias convicções sobre temas significativos.

Meninas: invistam em vocês! Seu jeito será sempre capaz de encantar um garoto que busca alguém como você.

Escrito por: Maria Helena Vilela

Tags: ficar,sedução,namoro

comentários.

Como conquistar uma garota

“Logo na manhã do Dia dos Namorados, véspera de Santo Antônio, compre um metro de fita azul de qualquer largura e escreva nela o nome completo da pessoa amada. À noite, conte 7 estrelas no céu, sem apontar, e faça um pedido ao santo para que ele ajude você a conquistar o coração dessa pessoa. No dia seguinte, amarre a fita nos pés da imagem de Santo Antonio e deixe lá, até conseguir namorar.”

Fazer uma fezinha em Santo Antônio para namorar a garota dos seus sonhos pode até ajudar, mas você precisa fazer a sua parte: conquistar! A conquista é um jogo entre duas pessoas, que diferente do que muitos jovens pensam, não leva em conta apenas aparência física e a potência sexual; mas também os gestos, atitudes, palavras e virtudes, muitas vezes simples. Portanto, a conquista depende mais de você do que de Santo Antônio. E isso foi percebido por alguns meninos que me escreveram no SOSex, solicitando sugestões para conquistar uma garota e informações sobre o que se deve conversar num primeiro encontro. Foi isto que me inspirou a escrever este texto.
A conquista não tem uma receita mágica, mas aí vão algumas sugestões para ajudar nos primeiros passos desse jogo da conquista.

 

Visual que conquista

Manter o peso no limite saudável é importante, mas se engana quem acredita que o visual que interessa às meninas é só o tipo “atleta” - quanto mais músculos, melhor. Para muitas meninas, os musculosos fazem sucesso, mas nem todo mundo tem as mesmas preferências. Portanto, não se sinta fora do páreo, se você não se encaixa nesta descrição. O corpo bem modelado ajuda num primeiro olhar, mas não é o mais importante para as meninas.

Um ponto fundamental é o sorriso! As garotas adoram estar com pessoas bem-humoradas. Por isso, investir nos dentes é importantíssimo! Dentes limpos e bem ajeitados, e hálito bom ajudam a dar maior confiança em si.

Outro ponto que exige uma atenção especial são as unhas da mão, porque não há garota que goste de unhas sujas e compridas.

Os cabelos, o hálito e o corpo, como um todo, precisam cheirar bem. Quando se tem dificuldade em se livrar do chulé ou do cheiro forte nas axilas, deve-se procurar um médico endocrinologista para avaliar o que está acontecendo.

Por fim, uma sugestão importante a respeito da aparência: a roupa escolhida deve cair bem e deixar no menino a sensação de sentir-se bonito e atraente. Em momentos de grande pressão, é fundamental se sentir bem vestido, pois isso aumenta a auto-confiança.

Para complementar, deve-se observar a postura, os gestos e o modo de andar devem ser elegantes e não “desconjuntados”.

Atitudes sedutoras

Além da aparência, o garoto deve ter “atitude”. Se estiver interessado em uma menina, deve demonstrar! A garota só pode perceber o menino se ele chamar sua atenção. No entanto, é preciso cuidado para não chamar a atenção de um jeito errado. O garoto não deve ser insistente nem direto de mais, do tipo que pergunta logo, se a menina quer ficar com ele. Tal atitude pode amedrontar a menina que ainda está insegura quanto ao que sente. Além disso, fazer um certo charme e criar um mistério quanto ao próximo passo, pode ajudar a aumentar o interesse da garota pelo garoto.

Na conquista, o garoto deve evitar vangloriar-se ou exibir-se no primeiro momento em que estiver com a garota. Agrada mais aquele que, ao invés de olhar para si, observa a garota e vê nela algo que merece um elogio sincero, ou então aquele que escuta. Isso não significa que o garoto não pode mostrar seu potencial, se é bom nos estudos, no esporte, na dança ou em qualquer outra coisa. As meninas gostam de garotos que acreditam neles mesmos, e que têm algo de muito bom para ser admirado.

Uma das melhores sugestões para melhorar a conquista é ler livros. Cultura é altamente sedutora! Uma coisa que apaga o interesse de uma menina é um garoto que não tem o que conversar. Não é necessário ser um “especialista”, mas é bom estar informado, sabendo de novidades de vários temas, para poder conversar com facilidade e assim se tornar mais interessante.

Nada de forçar carinhos sexuais. Não existe nada mais chato! O garoto deve respeitar os limites da menina. Por outro lado, se a garota tomar a iniciativa, o menino deve estar preparado e não se assustar. Há meninas que já se sentem mais seguras para um relacionamento e conseguem se expressar com mais naturalidade. No entanto, se a menina for atirada e o garoto não gostar disso, ela também deve respeitar os limites dele.

Por fim, a parte mais difícil numa conquista: saber que há possibilidade de se levar um fora. Nem sempre se ganha neste jogo, e, por isso, é muito importante que o menino conheça seu valor. A conquista pode fracassar por razões que não têm nada a ver com o menino! A garota pode não estar pronta para namorar, ou gostar de meninos de outro tipo, ou ainda estar apaixonada por outro. O jogo da conquista exige coragem e sempre que o tão temido momento do “NÃO” acontecer, o garoto não deve perder a classe. O “NÃO” de hoje pode ser que um dia se torne um “SIM”. É sempre bom deixar a porta aberta. Boa sorte no amor!

Escrito por: Maria Helena Vilela

Tags: sedução,namoro

comentários.

O S.O.Sex - Serviço de Orientação Sexual à distância é uma das áreas de atuação do Instituto Kaplan. Criado em 1992, tem como objetivo atender as pessoas que buscam esclarecimentos de suas dúvidas sexuais, por meio de atendimento gratuito e personalizado. Até 2011 mais de 150.000 dúvidas foram esclarecidas e hoje atendemos poEmail. Saiba mais sobre nosso trabalho e resultados.